Posts com tag “Jesus

Ele te ama!

amor

“Teu valor está na vida dAquele que se entregou por você, descansa. Você não precisa provar nada pra ninguém, até porque o maior amor do mundo já é teu. Você não precisa conquistá-lo, Ele foi dado e não foi merecido! Por isso que nós adoramos à Ele. Ainda que você fosse desprezível e não houvesse ninguém que te desejasse, Ele te acolheria porque Ele te ama. Alguém aqui na terra faria isso por você? Ninguém. Só Ele merece teu coração, tuas expectativas, tua esperança, tua confiança. Só Ele, JESUS.”  Bianca Toledo

“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16
Anúncios

Você é amado!

O Senhor diz: “Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei”. Isaías 49.16

Por muitos anos, minha esposa e eu planejamos a viagem dos nossos sonhos – pela costa noroeste do Pacífico – depois de nos aposentarmos da docência. Em junho de 2006, o sonho tornou-se realidade. Estávamos num penhasco, com vista para a magnífica costa do Oregon e para o oceano Pacífico, permanecemos em silêncio. Sentimo-nos pequenos comparados à beleza da costa. O mar azul e cristalino estendendo-se no horizonte, quebrando contra os penhascos rochosos cobertos de verde. O vasto oceano levou nos a pensar sobre a majestade da mão do Mestre que criou a vista diante de nós. Minha esposa, Augusta, comentou: “Sabe, nós somos meros pontinhos nesta terra”. Enquanto continuávamos a descer a costa do Oregon, pensava no comentário de minha esposa. João 3.16 veio-me à mente: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito”. E disse à minha esposa: “Nós podemos ser meros pontinhos, mas Deus nos amou o bastante para enviar Seu Filho para morrer por nós”. Desde aquele momento de revelação, sempre que me sinto perdido, perturbado ou atropelado pelo mundo, quando me sinto um pontinho insignificante, lembro-me Daquele que me fez e me ama. Estamos gravados nas palmas das mãos de Deus, e não há melhor lugar para se estar.

Oração: Divino Criador, quando nos sentirmos pequenos e insignificantes, ajuda-nos a lembrar que Tu nos fizeste e nos amas o bastante a ponto de enviares Teu único filho para a nossa redenção. No nome Dele oramos. Amém.

Pensamento para o dia: A cruz é um retrato do que Deus é capaz de fazer para nos redimir.

[via jovensimg@gmail.com]


Perdoar não é esquecer!

20120204-122004.jpg

“Permaneça alerta: onde um homem caiu é exatamente onde qualquer outro pode cair. Força desprotegida é dupla fraqueza.” Oswald Chambers

Todo mundo erra. E como eu lido com o erro dos outros? Talvez alguns dos maiores obstáculos ao desenvolvimento humano sejam a crítica, o boato, a depreciação. Toda crítica é destrutiva. Quem ama admoesta. É diferente. Crimes implicam em que seja feita justiça. Mas, quando a questão é pessoal, eu digo: ‘perdoei, mas não quero ver nunca mais’. À frente, pode não haver a mesma amizade, mas não devo guardar rancor: isso adoece. Julgar também é erro. Sou implacável com os outros? Ou deixo pra lá? Depende de quanto perdi, do quanto fui ofendido, de quanto doeu? Assumo culpa que não é minha? Tento esquecer? Perdoar não é esquecer. Se fosse, pediria agora amnésia instantânea. E os meus erros, hein? Se acho que estou de pé, posso ter uma queda pior do que o outro.

Perdoar é lembrar sem sentir dor. Você não consegue sozinho? Nem eu. Perdão que cura só pode ser conseguido através da graça dAquele que perdoou o imperdoável: Jesus.

[via jovensimg@gmail.com]


Somos filhos rebeldes?

“Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.” João 3:36

Muitas pessoas acreditam na bondade de Deus, mas não na severidade. Acreditam na vida eterna, mas não no castigo eterno. Deus sempre odeia o pecado, sempre detesta a iniqüidade, e a ira dEle sempre permanece sobre os rebeldes. A ira de Deus não vai e vem por capricho divino, mas é a conseqüência da nossa desobediência. Qualquer conceito do amor que exclui o castigo e a justiça apresenta uma doutrina pervertida sobre Deus.

Seja como JESUS: OBEDIENTE!

Oração: Amado Pai, obrigado pela sua justiça, e obrigado pois o Senhor tem o melhor reservado para aqueles que lhe obedecem e o amam. Não permita nunca que eu venha ser rebelde a Jesus, não quero jamais provar da Sua ira, e muito menos provar do castigo eterno. Quero ter a vida eterna no céu, juntamente com o Senhor, com Jesus e com meus irmãos. Em nome de Jesus, amém.


Comece de novo todos os dias

E Jesus proclamava às multidões:

“Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; quem perder a vida por minha causa, esse a salvará” (Lucas 9:23-24).

Nenhuma das declarações de Jesus recebeu tanta ênfase por parte dos quatro evangelistas (Mateus 10:38,39; 16:24,25; Marcos 8:34,35; Lucas 14:26,27; 17:33; João 12:25). Seguir a Jesus exige sacrifício, e Lucas destaca o aspecto da continuidade, ou seja, dia após dia, haja o que houver. A cruz era um instrumento de tortura e execução do império romano bem conhecido pelos discípulos. Quando Jesus associa o modo como os Seus discípulos deveriam segui-lo, certamente a imagem da cruz era bem clara para eles, e se tornou o ápice da mensagem do evangelho. Uma vida que vale a pena ser vivida é a que Jesus estava oferecendo e ainda oferece, no entanto, para isso Ele exige o abandono da antiga vida, do autocontrole e dos riscos calculados. Não acredito que algum esforço da minha própria vontade possa findar o meu desejo pelos riscos calculados. Estou certo de que Deus fará isso. No entanto, sei que não posso me acomodar e pensar que ocorrerá simplesmente sem fazer nada.

O agir de Deus em minha vida ocorrerá à medida que eu renunciar essa atitude de autocontrole e de preservação do meu estilo de vida, feito diariamente, a cada hora, a cada manhã, pois a cada viração do dia as minhas próprias vontades renascem e tentam retomar o controle. Sei que as minhas falhas serão perdoadas, mas as áreas que resistem à cruz são um empecilho à ação de Deus. Não há transformação de vida se não houver um trabalho contínuo e acumulativo de renúncia e entrega. Eu não posso gerar mudança, mas me torno disponível para o agir do Senhor, pois estou dizendo sim Senhor, estou aqui, estou disponível, vim para segui-lo. Enquanto tiver reservas, dificilmente conseguirei seguir realmente o Senhor. O renomado autor C. S. Lewis disse que: “Essa decisão, deve, ao meu ver, ser retomada a cada dia. Nossa oração matinal deveria ser: Da hodie perfect insiper — rogo que me concedas um novo recomeço sem falhas, já que eu ainda não fiz nada.” Concordo com o dr. Lewis, a minha oração de consagração, abnegação, dedicação, disciplina e absoluta obediência voluntária à Palavra de Deus deve ser constante e diária. Encerro esse devocional com uma conclusão brilhante de um grande pensador cristão, Frederick Buechner:

“Era o costume colocar adesivos em carros vistoriados que diziam: dirija com cuidado. Você pode salvar uma vida: a sua. Isso resume a sabedoria dos homens em uma única frase. Já o que Deus diz é: A vida que você salva é a vida que você perde. Em outras palavras, a vida a que você se agarra, que mantém, guarda e protege, no fim é uma vida que quase ninguém valoriza, nem você; a vida renunciada em nome do amor é a única que vale a pena ser vivida. Para destacar esse ponto, Deus apresenta um homem que abdicou da vida a ponto de morrer como desgraça nacional, sem um tostão no bolso ou alguém que pudesse chamar de amigo. Nos moldes da sabedoria humana, foi um perfeito tolo. E quem pensa poder segui-lo sem se fazer de tolo não está carregando uma cruz, mas uma mentira.

”Fui crucificado com Cristo. Assim já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim (Gálatas 2.19-20).

Que a cada dia seja um novo recomeço para mim e para você, em direção a cruz de Cristo, às intenções do coração de Deus, uma vida que realmente vale a pena ser vivida.

[Fonte]